Arquivo da categoria: uol

MODA, MODA DE RUA E OS UNIFORMES

dsc02309
Carol Vasone, editora de moda do Uol, tem me dado oportunidade de fundamentar minhas questões sobre moda de rua. Como já disse e escrevi acho muito fantasioso achar tanto o The Sartorialist como o menino magrela meio sem sal que esqueci o nome que vem sempre aqui em São Paulo fotografar porta de desfile serem chamados de fotógrafos de streetstyle. Não tirando o mérito dos trabalhos deles, o que eles fazem é algo importante para uma antropologia das esquinas dos desfiles, da periferia que rodeia o mundo da moda, mas está longe de ser um recorte honesto da chamada moda de rua.
Cito Vasone e o Uol porque veicular as imagens em um grande portal é de suma importância para a desseminação do que acredito serem os objetivos de uma moda de rua. Atinge o olhar de inúmeras pessoas e não necessariamente só os que estão viciados tanto na linguagem fashion como na linguagem dos blogues de streetwear – aliás esses, aqui no Brasil, graças a Deus, cada vez mais distantes do olhar imperial do Sartorialist ou do menino sem sal.
Dessa vez minha missão foi pensar sobre os uniformes e achá-los no meio da multidão. Os uniformes, por excelência, prezam igualar pela diferença. Eu sei se um menino estuda no Dante ou numa Escola Estadual, assim como eu sei quem é policial, quem é servente, quem é executivo e quem é segurança pelo uso do uniforme. Eu sei a classe social, a especialidadem e a função pelo uniforme. Ele é uma roupa cheia de códigos prontos e todos sabemos “instintivamente” lê-los.
Existe uma simbologia austera e erótica em um uniforme de aeromoça, existe um pragmatismo no uniforme de um marronzinho. Olhar os uniformes é também entendermos os códigos de nossa cidade e de nosso tempo não só pela questão social, mas também erótica. Não é à toa que alguns uniformes são vendidos em sex shop. E numa relação muito direta podemos dizer que existe desejo em certos uniformes da mesma maneira que os estilsitas querem imprimir desejos em suas coleções.
Aqui está meu ensaio para o Uol!. Veja o que acha pois a discussnao sobre os uniformes está apen as começando.

MODA DE RUA


Aparecida Maria Ferreira, balconista, usa blusa da marca Prefixo de São Caetano e a bolsa que imita pele de cobra que a irmã trouxe do Norte.

Fiz para o Uol Estilo uma série de fotos de moda de pessoas que estavam andando de transporte público. Foi muito interessante mesmo porque estava longe daquilo que a moda chama de moda de rua e que foi consagrado por blogs como The Sartorialist e The Face Hunter que é ir a algum lugar fashion e fotografar pessoas que lá estão. O que mais me impressionou foi olhar como as tendências se dissolvem e que as pessoas tentam ter personalidade dentro daquilo que é disponível.

Pra mim, esse é o verdadeiro conceito de glamour!

veja as fotos

MAQUIAGEM MASCULINA

Se a moda masculina anda a passos lentos, imaginem a maquiagem… Mas fiz uma matéria no Uol dando dicas básicas de como o make up pode ajudar os homens em seus problemas diários. Nada que um bom corretivo com certeza não ajudará a parecer o sexo masculino menos sonolento, sem perder a virilidade é claro (a grande preocupação e entrave da moda para os homens).