Arquivo da categoria: nova modéstia

DUAS REFLEXÕES SOBRE PARIS E OS NOVOS TEMPOS

viviennewestwoodi0910reuters5601
Pensei em escrever sobre Paris, onde a questão que 2009 ia ser piriguete e que Jorge Wakabara via o sexo como uma saída para esses novos tempos das marcas de luxo foi a tônica dos desfiles. Além disso, não menos importante, apresentou-se na capital francesa o que foi chamado de “a nova modéstia” onde consumir tanto e ficar desejando e querendo muito foi reavaliado. Sempre achei que querer algo tudo bem, mas esse desejo promíscuo dos fashionistas (e mais ainda pelos aficcionados por design e tecnologia) sempre e toda hora por peças tão díspares e numa ascendência cada vez mais acelerada era algo muito falso e teatral tipo Escolinha do Professor Raimundo.
Para ser bem sincero não acho que esse desejar acelerado seja algo de gente insatisfeita, mas de uma infelicidade totalmente alienada com a vida. E isso não é de hoje nem desses novos tempos que penso assim.
Pois bem, como Alcino e Carol Vasone escreveram de lá com propriedade o que exatamente eu penso daqui, me questionei: Porque escrever outro texto com as mesmas idéias em palavras diferentes?
Aqui vai o link para o texto de Alcino Leite e aqui o link para o de Carol Vasone.
Boa leitura!