Arquivo da categoria: manolo blahnik

SPFW: DIÁLOGOS IMPERTINENTES (PRA QUE DISCUTIR COM MADAMES)

Maria Cândida Coutinho de Andrade e Cleide Camargo tricotam em frente à torre do São Paulo Fashion Week no Pavilhão da Bienal:

– Queridinha, foi bafo o desfile na casa do Tufi!
– Por que, darling, o que aconteceu?
– Nada, só estava um bafo de calor infernal, me senti no Senegal, lugar, aliás, que nunca pus meus Manolos.
– Me falaram que tinha uma escadaria meio Chanel dos trópicos. Mas você sabe, eu não fui, não frequento edifícios neoclássicos.
– Quem você está querendo enganar. Não precisa se preocupar que eu não sou a turma da Casa do Saber não… E já te vi inúmeras vezes na Daslu!
– Bem (desconversando), em compensação no Fause e na Cori eu fui.
– É verdade que os estilistas da marca, a Rita e o Dudu, deram uma última chance para a Fernanda Motta?
– E olha que ela nem bateu cabelo, mas e no Herchcovitch, você vai dar pinta?
– Modernidade pra mim só o Guggenheim!
– Francamente meu amor, desce desse salto que ele não te pertence.
– É Jimmy Choo!

Nota: na verdade a casa do Tufi é estilo eclético, mas as colunas fazem a pobrezinha se confundir, já que tudo é neoclássico ultimamente em São Paulo.