Arquivo da categoria: johnny luxo

O SONHO E O LÚDICO ACABARAM?

00060m
Alexander McQueen

Nunca se viu tanta realidade nas passarelas como nessa temporada 2010. Não, na realidade nunca se viu tanta falta de sonho na moda. O lúdico, materia essencial na construção fashion, talvez mais do que em outras manifestações culturais, fazia muito tempo que não ficava adormecido no imaginário dos estilistas e das grifes que fazem a chamada temporada internacional.
Sim, o sonho muitas vezes conduzido e muitas vezes condutor da alienação que a moda é sempre acusada, faz parte da realidade fashion. Aliás o lúdico é vital em qualquer manifestação cultural, ele é que faz o vínculo e a mediação com essa tal realidade podendo ter o caráter naturalista ou não. Pense numa forma radical de se atrelar com a realidade: os documentários. Seja os de Michael Moore, Eduardo Coutinho ou os do cinema verité, todos eles, seja pelo enquadramento, pela montagem ou pelo discurso, apresentam traços lúdicos, pensando que na atividade lúdica [palavra que também significa jogo] não importa somente o resultado, mas a ação, o movimento vivenciado.
Pois bem, o que se viu nessa temporada foi um freio de mão em relação ao lúdico e ao sonho, a moda entrou em um estado de vigília preocupada com os números da economia. Em nome da chamada crise, economizou-se imaginação, marcas que sempre se mostraram ousadas parecem aflitas pra ter um pé mais comercial na passarela (que não é bem o melhor lugar pra esse tipo de proposta). Não existe nada de ruim em fazer uma coleção comercial, mas que o desfile se mostre longe dessa realidade. Parece que ao olharem pros bolsos, esqueceram de fantasiar as roupas como um todo, afinal moda tem esse quê de fantasia essencial.
Em um cenário que muitas vezes parecia um pesadelo, McQueen e Viktor & Rolf se destacaram indo contra o tsunami de bom senso econômico das marcas e apresentaram as loucuras e delírios que tanto amamos.
00280m
Viktor & Rolf

Enquanto isso no Brasil, a Mafuá Jeans promete alçar vôo, Johnny Luxo e seus deliciosos delírios mostram que ainda é possível ser lúdico na moda, mesmo sem grana.

BOMBA FASHION: MAFUÁ JEANS

mafua
detalhe que a produção é toda de minha amiga Baiane Vreeland

Segundo Marcelle e Johnny Luxo essa é a mais nova bomba fashion da atualidade: Mafuá Jeans.
No Facebook, Johnny publica inúmeras notícias da mais ultra mega hype tendencinha da temporada:

EXTRA! EXTRA!! MODA FÉXION EM CHAMAS!! MAFUÁ JEANS FOI COMPRADA PELO GRUPO BAFO STORE E SE TORNA O GIGANTE DO JEANS!!!


MAFUÁ JEANS INAUGURA MEGASTORE BAFO NA OSCAR FREIRE E HUMILHA DASLU E TÂNIA BULHÕES…KKKKK PRESENÇAS CONFIRMADAS: CALYPSO, STEFHANY, SILVETTY MONTILLA, MOALLY MOFARREJ, TIGA, DAVID GUETTA, BIAFRA, LUCINHA LINS, RIHANA, NEUZZZINHA BRIZZZOLA, LA TOYA JACKSON, SYLVIA GATTI…KKKKK


BOMBA NO MUNDO DO FÉXION BUSINESS!!! MAFUÁ JEANS COMPRA SHOPPING CIDADE JARDIM E LANÇA O MAFUÁ FÉXION WEEKKK 30 MARCAS JÁ CONFIRMARAM PRESENÇA NO LINE UP: OSMOSE JEANS, DENÚNCIA JEANS, BABUCH, LILICA RIPILICA, BERTA BRAZZZIL BUTIKI, MONGOOSE, COLCCI, KELFi, COLOMBO, BESNI, MAGAZINE LUIZA EXTRA, SIMULASSÃO, FUXICO JUNIOR, MAFÚ VINTAGE, RONALDO ÉSPER COUTURE, ORLANDO XIKETO, ARTUR CALIMAM, SYLVIA DESIGN, BAFO STORE…KKKK

MOALLY MOFARREJ LANÇA LINHA ESPECIAL DA MAFUÁ JEANS PARA BAFO STORE….KKKKKKKKKKKKK

MAFUÁ JEANS ANUNCIA A COMPRA DA MAISON LACROIX E DO MAGAZINE LUIZZZA…KKKKK

ENCONTROS

Existe um lado da moda que é muito democrático!

ESSA NOITE ENCARNAREI NO TEU PICUMÃ

REINALDISTA OU GLORISTA?


Reinaldo verão 2009

Gloria verão 2009
Reinaldo Lourenço ou Gloria Coelho? A pergunta sobre qual dos estilistas os fashionistas mais se identificam sempre causa uma certa saia lápis – mais apertada que a justa. Os dois fazem os desfiles que estão entre os mais esperados da temporada. Muito mais que uma briga ao estilo Marlene e Emilinha Borba, a competição entre eles é saudável para a moda brasileira. “Um respeita a estética do outro, eles se admiram muito, mas fazem tudo para superar um ao outro”, diz a consultora de moda Costanza Pascolato, 67.
O respeito mútuo entre eles também é compartilhado pelos seus groupies fashion. “Gloristas” e “reinaldistas” sempre fazem questão de afirmar que amam tanto um como o outro. “Ai, que pergunta drama!”, exclama Johnny Luxo, 35. Mas o DJ prefere Gloria, pois “além de ter uma imaginação vasta, eu tenho um sapato feminino dela incrível ”. A apresentadora Sabrina Parlatori, 33, é glorista assumida. “Eu sinto mais desejo pelos tecidos dela, tanto que acabei de comprar dois vestidos maravilhosos da marca”. A relações públicas Patrícia Casé, 50, também prefere a mulher do casal pelo vetor aquisição: “Eu tenho muito mais peças da Gloria, mas eu já desfilei pro Reinaldo!”.
Já entre os “reinaldistas” está o diretor Alberto Renault, 45. Ele gosta do lado rocker do estilista: “Ele está mais próximo da vida de hoje”. Marton, 42, cenógrafo, admira a feminilidade da roupa de Reinaldo: “Até já comprei peças da marca para mim”.
Mas a maioria prefere, pelo menos para a imprensa, ficar em cima do muro. A produtora musical, Julia Petit, 35, diz que tem fases que usa mais Gloria e em outras veste mais Reinaldo. E hoje? “Juro que comprei a mesma quantidade de peças tanto de um quanto do outro na última temporada de inverno”.
Gloria Kalil que acha “Reinaldo mais moderno e Gloria mais eterna”, acredita que só a lei salomônica poderá resolver essa dúvida: “só ameaçando cortar ao meio para realmente a gente decidir entre um ou outro”.
Apesar de se declarar “iodicista”, referindo-se ao recente affair com o filho do dono da Iódice, Alexandre, a apresentadora Adriane Galisteu, 35, declara amor pelos dois, mas a coleção de verão 2009 fez seu coração bater um pouco, “mas bem pouquinho” por Reinaldo. “Foi super delicado e feminino”, diz.
Já a drag Salete Campari, 37, ama Gloria. “A estilista é mais moderno e faz a linha mais Salete”, diz se auto-referindo, “por isso prefiro o desfile dela tanto nessa como em todas as temporadas”. Ela garante adorar “todos daquela casa, mas agora está surgindo uma novidade, o filho, que vai ficar com todo o reinado”, avisa Campari prenunciando que a disputa promete a participação de um terceiro concorrente.
Pedro Lourenço, 18, filho de Gloria Coelho, 57, com seu ex-assistente Reinaldo Lourenço, 46, diz que em sua casa “fala-se muito de moda o tempo todo e que todos se influenciam” mutuamente. Mas é claro e direto na hora de decidir entre o pai ou da mãe: “A cada dia me identifico mais comigo mesmo”. Terceira visão de drag!

E você, é glorista ou reinaldista?

Esse texto foi publicado de forma editada na Folha de São Paulo no dia 23 de junho de 2008

SPFW: DUPLA DINÂMICA – JOHNNY LUXO E SUPLA

Johnny e Supla estão com a coloração de cabelo muito próxima, aproveitei que os vi, os juntei e aproveitei pra tirar a foto e fazer uma pergunta para cada uma dessas duas pessoas ímpares.

suplaejohnny.jpg   

Para Johnny Luxo perguntei em qual termo ele apostava como sendo a gíria da temporada de São Paulo, já que no Rio, chalayana ganhou corações eletrônicos e mentes coputadorizadas. Pra quem não sabe, chalayana é a pessoa que tenta fazer de um fusca uma ferrari, o que usa malha fingindo estar de organza.

Ele de pronto me disse que depois da apresentação da marca Tudi Confusi na Casa de Criadores,  o povo adotou o tudi para adjetivar uma situação: “Sabe, tipo estou tudi confusi, tudi cagada, tudi errada!”, explicou o DJ.

Já com Supla fiquei comentando sobre Dame Vivienne Westwood, como me ensinou Terron no site da Fiat, e ele comentou que irá participar da leitura do manifesto anti-propaganda que a estilista inglesa fará no auditório do Mam, no dia 18 de janeiro. Ele rasgou elogios para a grande criadora da moda dizendo que a admira muitopor acreditar na individualidade!