Arquivo da categoria: carine roitfeld

ENFEZADA

Dizem que a palavra vem do acúmulo de fezes retidas no intestino que acaba te deixando de mau humor. Só essa explicação mesmo pra essa cara de Carine Roitfeld. Não faz a bipolar, amore. Um dia tá a lokona da buatchy e no outro Índia Cara Fechada. Ebó forte!
00270m

Anúncios

POR QUE ESSA CARA TÃO SÉRIA?

“O mundo da moda e principalmente os fashionistas se levam a sério demais”. Já ouvi essa frase mais de uma vez de amigos que olham o “espetáculo” de fora. Essa tal seriedade, penso eu, pode ser uma reação aos que olham a moda de maneira diminuta, de forma alienada e por isso sem muita importância. Também é uma forma de dizer: “ei, nós não somos uma brincadeira, um pastelão, um circo apenas, aqui o trabalho é duro”. Glamour, atitude e principalmente imagem não nascem em qualquer lugar, temos que arar essa terra, sujar as mãos, suar, ralar para tentar chegar perto de algum resultado (quando se chega…), dentro de metodologias de tentativa e erro semelhantes as das pesquisas científicas mais avançadas.
Mas também entendo que muitas vezes ocorre uma seriedade um pouco demasiada. A sisudez de Anna Wintour me cansa um pouco, apesar dela carregar muito do que disse acima. Uma certa obsessão de alguns fashionistas por grifes e as tratam como o suprasumo do bom gosto e a fórmula certa para se estar elegante, acho de uma tolice atroz pré-adolescente, igual aqueles críticos de música ou de futebol que dizem os nomes dos álbuns de tal banda de cor com data e tudo ou a escalação inteira de um time em 1962 com todos os reservas e comissão técnica. A seriedade escondendo e disfarçando a falta de conteúdo para ir fundo nas questões. Torna-se o detalhe o fator principal por uma incapacidade de conseguir fazer um aprofundamento de questões centrais sobre os assuntos que tratam. Lembro que quando criança sabia todas as capitais do mundo e isso sempre causava certa admiração entre as pessoas, mas não em fez um gênio nem da geografia nem da turismologia. Era apenas um exercício virtuoso do vazio, o virtuosismo com uma certa pretensão de seriedade.
De qualquer forma, adoro quando os fashionistas abandonam seus cintos de segurança, os lugares que acreditam estarem confortáveis com a sua imagem, sempre sérias e nos surpreendem.
carine

Carine Roitfeld em pose xoxo, deliciosamente longe da seriedade que a editora de moda da Vogue Paris tem que ostentar

AO MESTRE COM CARINHO

Na vida, a gente tem muitos mestres, o importante é saber reconhecê-los. Um deles pra mim é Costanza, uma mestra que se reafirma a cada instante. Em entrevista para a última Serafina, por razão do lançamento de seu novo livro “Confidencial – Segredos de Moda, Estilo e Bem Viver”, que será lançado no próximo dia 6, ela respondeu a seguinte pergunta:

As divas do cinema eram os ícones da moda. E agora?
Não sei se elegantes, mas super bem vestidas, as editoras das revistas de moda viraram novos ícones por causa dos blogs de moda. Carine Roitfeld (editora-chefe da “Vogue” francesa), por exemplo. Não vou falar Anna Wintour (editora-chefe da “Vogue” America) porque, ela que me perdoe, se veste mal. Acho-a sem graça, sem “feeling”. É sempre aquela botinha, aquela sandalhinha “nude”, aquelas sainhas plissadas. Fora que ela não sente frio nunca. Tem uma historinha rolando de que o pessoal do mundo da moda é mal-humorado e mau caráter porque tem de aguentar saltos estratosféricos e passar frio o dia todo.

Ahahahah, isso não é maravilhoso? Então a gente fica mais com vontade de observar a sem gracice de Wintour nesse filme que tem criado muita expectativa nos blogs de moda e deve estrear no dia 11 de setembro (que data bombástica!)


adoro os plissadinhos dus infernus da diaba que realmente parece estar com frio em vários momentos.

Assim como Vionnet foi para Alaïa – que nunca chegou a conhecê-la pessoalmente -, um mestre não é uma pessoa que seguimos os passos cegamente. Um mestre nos ensina a enxergar com os olhos mais livres, sair do lugar comum, aprender ter mais autoconfiança como nesse momento maravilhoso de James Brown, o mestre com seus pupilos, Prince e Michael Jackson.

CHANEL É SOBERANA!

Fim do desfile de Chanel e as editoras todas na montação


Francamente Sozzani, a Vogue Italia é a melhor, mas os seus cabelos…


Suzy se Menkes que aqui todo mundo usa preto, mas eu sei, a unanimidade não é pra ti!


Pardon Carine, mas tu é muito magra, que tal uma pratada de feijão com arroz?