24 HOUR PARTY PEOPLE

São Paulo é uma cidade suja, desagradável e poluída. Excludente a todo instante, porém recebe uma força inversa que é feita pela maioria de seus moradores – muitos vindos de outros lugares – que acabam fazendo da amizade e da festa algo especial, tão especial que acaba sendo a grande – talvez a única – qualidade dessa cidade.

09 de janeiro de 2010

7h15 da manhã, acordo e esse é meu café da manhã.

Era a Voodoo Hop, a festa do alemão Thomas, no apartamento de amigos no prédio do Niemeyer, na República.

Essa era vista. Nos anos 90, eu morei nesse mesmo prédio e dava boas festas também.

Viny sempre causa…

14h32, saio um pouco bêbado da festa, passo em casa, troco de camiseta – a calça é a mesma -, porque o calor tava grande e vou visitar meu amigo Jay, fotógrafo de cinema, com outra grande amiga Geórgia, para um almoço super especial.

22h10, depois de um longo almoço que atravessou a tarde , à noite vou me despidir de Carlinhos e Marina na casa de Paloma.

Carlinhos e abaixo, Serginho e Kaká amado!

10 de janeiro de 2010

A saga continua, troco mais uma vez de camiseta, e me jogo no Bar do Netão – o verdadeiro bar secreto -, são 3h13.

Era aniversário de Mau Mau no Hell’s, isso lá pelas 5h.

E todo mundo festejou!

Já 7h, na frente do Ecleticu’s.

Do outro lado da rua, um cantinho, um violão.

9h34, fazendo amizade com os emos.

9h36, fazendo amizade com o baile todo do Pescador!

13h, na Paim me senti em Recife. Se você viu o mundo e ele começava em Recife, com certeza, eu vi que ele termina na Paim.

13h30, No Xocolate, é osso!

Ibotirama, bar oficial dos fashionistas do B, às 16h09 com Tata Pierry.

Lá pelas 17h, Claudia Assef e Dani Costa buzinaram de dentro do carro pra mim. Larguei meu almoço e fui tirar essa foto.

Mais amigos queridos, antes de ir finalmente dormir: 24 Hour Party People!

Penso muito como uma cidade tão podre pode se revelar outra, fruto da relação das pessoas. Penso em como a moda tão aparentemente podre em seu mundinho de consumo excessivo e vaidades pode se revelar outra, fruto de uma nova relação das pessoas – sem tanta hierarquia, sem tanto esnobismo – como aconteceu no desfile do Sommer. Mas isso é post pra essa semana. Por enquanto: Parabéns, pessoas que vivem em São Paulo!

21 Respostas para “24 HOUR PARTY PEOPLE

  1. que delícia! fez a cidade ficar humana. beijo

  2. Ah, eu amo SP
    (mas é bem verdade que eu morario em Ilha Grande, fácil!!!!) rs

  3. Nossa Vitor, Viajei agora…=) Parabéns #again

  4. Ela é toda complicada, toda cheia de defeitos, atualmente toda inundada, mas eu não troco. Não troco por nadinha nesse mundo. Vai ver que é por isso mesmo: mesmo com todos os pontos negativos, a gente sempre encontra gente como a gente que tem o maior carinho por essa cidade. Vai ver que taí o motivo de tanto amor! Eu amo São Paulo porque ela faz bem a quem eu amo!🙂

  5. OI, será que eu perdi algo? tinha homem de verdade ou só essas bibas carimbadas da noite?
    beijin!

  6. aí tem fotos misturadas de tudo que é dia, vc tava loca e essa viração demorou muito mais que 24h. e ainda faltou a foto do seu cinemão preferido, né?

  7. saudadessss da selva de pedra.. bjs polarrrr :*

  8. (Adoro o prédio “livro” do Niemayer tb!)…e AFFFFF! já encontrou a Tata e o Fabinho? pelamor…eu adorei seus amiguinhos Emos e concordo com vc: a rua Paim é a filial do Hellcife em SP,jurava ter visto a Lala e a Brenda ali no cantinho!Mas o que eu adorei mesmo foi ainda ter passado no cinemão e sem fotos, claro! Pq senão fica mais caro!! lindo, bebê, vc é o gorgulho da família!

  9. erÊ q festa boa…sp é isso tudo sim! amo!

  10. PElamor foi o filé a milanesa pós paim, isso sim!

  11. Ano passado me mudei de São Paulo e agradeci a tudo que é santo. Depois de 5 meses fora, voltei e fiquei com mais ódio ainda, queria sair daqui correndo, não estava mais acostumado com esse tumulto, transito…com o caos. Mas dai, o tempo vai passando, vc vai se acostumando denovo e os amigos fazem a cidade valer a pena. Essa semana disse a mesma coisa a um amigo, que São Paulo só vale a pena pela noite e meus amigos…q vc pode ralar a semana inteira mas que não troco uma saidinha no netão com um plus de chegadinha no ecléticos para encontrar meus amigos, encontrar vc.
    Agora tô indo embora de novo mas a sensação é outra. de que posso conviver com o caos desse lugar e que não estarei só…tenho amigos!!!
    Vou sentir falta de tudo…mas a vida vai continuar. E se tudo der errado a gente volta e vai estar tudo aqui denovo…do mesmo jeitinho de sempre e sempre como a gente gosta!!!

  12. não só estive lá, como parece que lembro de ter sido desprezado por um emo… não tem importância. semana que vem, tem mais…

  13. ah! em tempo: e o que é a cara do murilinho?

  14. Pingback: Tweets that mention 24 HOUR PARTY PEOPLE « dus*****infernus -- Topsy.com

  15. puxavida, como queria estar no seu caminho nessa sua jornada!

  16. gente do céu, acho que eu tenho que andar mais com vc. Ou náo. Destaque para a foto dos pescadores. hahahah!!!!!

  17. Adoreeeeeeeeeeeeeeei saber que o mundo começa aqui no Hellcife!!! Beijos pra tu. Michel.

  18. Adoro!!!
    São Paulo continua tudo e o Marcinho continua gato, hahaha
    beijos e me aguarde!!😀

  19. ai, não conheço ninguem mas fiquei emocionada com tanta vida nesse post. um dos mais legais que vi aqui.
    que energia hein?!

  20. Eu nunca tinha passado por aqui. Li e reli. Gostei MUITO desse post.

    Abraço.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s