AINDA SOBRE AMIR SLAMA…

Na sexta, fiquei discutindo (de forma saudável e dinâmica) com Fernanda Resende, via posts e depois por telefone a minha falta de energia de ver algo bom e positivo na substituição de Amir Slama por Alexandre Herchcovitch. Ela via com otimismo um biquini feito por Alexandre, eu não via com tanta euforia até porque seria Herchcovitch para a Rosa Chá, uma marca que tem seu estilo e imagem já firmados e não um biquini 100% com a personalidade de Alexandre.
Houve uma animação excessiva, no meu ponto de vista, naquilo que realmente se configura o fato. Herchcovitch ser o novo diretor criativo da Rosa Chá é apenas areia para os olhos de questões mais sérias.
Disse que o entusiamo dela era o mesmo que vi milhares de fashionistas saudando, guardada as devidas proporções, é claro, a entrada de Tom Ford substituindo Yves Saint-Laurent em sua própria marca. Claro que isso pode ser uma posição conservadora minha (eu odiei na época – não depois – quando soube que Tom Ford tomava o lugar de Saint-Laurent. Aliás, nunca engoli muito a “Era Ford”). Mas também pode ser que esse otimismo, no fundo, esconda uma crueldade mórbida pelo novo apenas pelo novo, e também um desrespeito pelo que durou anos se construindo: a imagem de uma marca (isso eu falo não da Fernanda, mas de uma atitude fashionista de achar “legal” toda e qualquer mudança apenas pela mudança). Ela finalmente cedeu e concordou comigo.
Sobre as mudanças na Rosa Chá, que nem serão muitas como eu mesmo tinha escrito nos comentários aqui, acho que Alcino novamente levantou boas reflexões sobre o ocorrido em seu blog.
Acho que também boas pistas foram dadas pelas duas entrevistas com os estilistas no “blog” da Lilian.
Alexandre explicando de maneira difícil de entender como conseguiu ser contratado por um grupo aparentemente rival. Novamente, é claro, guardada as devidas proporções, é como se ele fosse da LVMH e fosse contratado também pela PPR. Estranho!
E de Amir falando que o seu “ambiente de trabalho diurno estava cercado de verdades colocadas que faziam meu estômago se contorcer”.
Mais abaixo da entrevista do Alexandre, , ainda no site, ops blog da Lilian, tem um editorial chamado Orfanato fashion sobre marcas importantes que formaram a hoje chamada moda brasileira: Zoomp, Sommer, Fause Haten, Forum que foram compradas por grandes empresas, seus criadores despedidos e algumas hoje simplesmente nem mais existem.
É essa questão que tira o meu otimismo, esse histórico. Como se dá a relação desses criadores que ganharam um bom dinheiro pra venderem as suas marcas, se tornaram diretores criativos e não conseguiram ter o enfrentamento político necessário para continuar no comando criativo da marca? Qual o papel dessas empresas, sem vilanizá-las, na dificuldade de compreender a compra de uma marca que já tem uma imagem e um estilo? Se essas questões não forem logo resolvidas, Amir Slama não será o último a sair de uma marca que ele próprio fundou. E que resultados de imagem e produto saíram e sairão desse embate?
Como disse recentemente o filósofo suíço Alain de Botton: “Para ser feliz, esqueça o otimismo”!
download1
com crédito, é claro, para Maihara Marjorie

9 Respostas para “AINDA SOBRE AMIR SLAMA…

  1. Mas essa conversa do post anterior sobre “furo de reportagem” muda em cada editoria, ahn? No jornalismo de moda me parece que há muito mais negociação e foward de press release… daí o furo ter perdido importância. Principalmente porque os jornalistas dessa área se acomodaram, sentaram a bunda no brinde do desfile e das festinhas.

  2. Até, q enfim alguem com a mesma opinião q a minha sobre tudo… YSL e Tom Ford, Rosa Chá e Alexandre…. Acho q é muita publicidade e pouca criatividade na moda atual, vide o seu Tom Ford q é muito sexy….. e só…..
    Mudando de foco, vc sabe como eu compro uma Vogue Girl Korea…

  3. “genial como sempre!”. bom pra eu aprender a pensar e refletir e LIGAR PROS AMIGOS INTELIGENTES antes de escrever/dividir qualquer coisa. apressadinha que passa de ingênua (não é?) e superficial. tá vendo?

  4. Angel, sei que seu mundo caiu com a saída de Slama da Rosa Chá, mas gostaria de dizer que os amigos estão aqui para isso, para ajudar a vc superar essa difícil crise. Pode contar comigo! Dizem que vc caiu em depressão profunda e declinou até ao convite da boate no findi.
    Pense na coleção limitadérrima da Band Aid, desenhada por Herchcovitch, que já nos proporcionava aquele DODOI FASHION GOSTOSO e imagine aquilo tudo agora, ilustrando nossos biquinis na Farme…

    Tava aqui criando uma ilustra para os novos biquininhos, tipo assim… com o Johnny Luxo, usando uma camisetinha do piu-piu e tomando um Bloody Mary e e olhando por cima dos óculos escuros, uma coisa meio Audrey Hepburn… 100% Herchpersonality e sem ferir o DNA da marca!
    Pense nas coisas bonitas que o mundo nos oferece, como a banda Fresno, Jonas Brothes, Rodrigo del Arc… vc vai sair dessa, conte comigo, amigo!

  5. A citação do Amir Slama é mesmo desconcertante… Gostaria que ele tivesse elaborado melhor. Mas as entrevistas estão estranhas, parece que foram dadas por email – ou então editadas demais – ou o entrevistador é ruim mesmo.

  6. AINH, FIA! DEPOIS DOS BAND-AID DO AH COM A JOHNSON&JOHNSON BEM QUE PODERIA SURGIR UMA COLEÇÃO LOUKOORINHAS DE LIB POR EMPLASTOS SABIÁ COLLECTION WATERPROOF ROSA CHÁ BY AH. IA SER TUIDO, MEU AMOR! E SUPER FAZ SINERGIA ENTRE AS MARCAS E SEUS DNA´S.

    SENDO QUE: O emplastro SABIÁ® possui extrato de capsicum, ingrediente natural ativo, que age como estimulante local, aquecendo a área afetada e aliviando a dor.

    UMA BIKINI COLANTE E ESTIMULANTE AHAZZARIA E REVOLUCIONARIA A INDUSTRIA DO BEACH_AND_BITCH WEAR. BEYJAS!

  7. QUERIDO,
    PRECISAMOS DE MAIS PESSOAS COMO VC , COM CORAGEM E INTELIGÊNCIA, E SINCERAMENTE INGENUIDADE FASHION É POUCO, OU TODAS APENAS CALAM PARA SEREM ACEITAS?
    NÃO SEI SE ACREDITO EM POLIANNA , MAS ACREDITO EM FALTA DE PREPARO,DESLUMBRE E SURPERFICIALIDADE , NÃO É A TOA QUE A AUDIÊNCIA É IMENSA E O CONTEÚDO MÍNIMO.
    VIDA LONGA A VC E O SEU BLOG.

    ;D

  8. sabe que às vezes eu gosto da sua “pensação” sobre a moda? Tanto que chego a te admirar…rs. Belo post. Bjo.

  9. Pingback: A MODA E AS RELAÇÕES AMOROSAS « dus*****infernus

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s