CRISE?

De repente parece que sou um ser alienado, que não acredito em crise. Numa inversão nefasta do jogo, a alienação da cópia de idéias de textos de Menkes e senhorinhas importadas virou a minha alienação, nesse momento que a moda parece acordar.
Sim, novamente a crise existe, mas o que existe de mais revelador é a nossa dependência textual, o nosso colonialismo. Se queremos resenhar moda e nas resenhas acusamos a torto e à direita a cópia dos estilistas nacionais que direito temos nós de copiarmos os resenhistas internacionais. Usar a crise pra explicar o mundo hoje é banal e diz muito pouco. Mudanças de comportamento já estavam sendo sentidas antes mesmo da anunciada crise.
Não que a palavra crise seja banida dos textos, longe disso, mas tentar refletir com mais parcimônia e menos histrionismo esse momento que vivemos hoje.
Foi só isso que quis escrever naquele post, pois no fim o que eu quero é mais poesia pessoal, mais buscas que façamos dentro nós mesmos, não nos sites de buscas procurando o tempo todo ver o que o “povo lá de fora” está pensando. Não que isso tenha que ser banido também, pelo contrário, que esteja a serviço do nosso pensamento. Chega de reproduzirmos como papagaios algo que veio com o aval de “internacional”.
Assim como utilizo esse trecho de “Aula” de Roland Barthes:
Que uma língua, qualquer que seja, não reprima outra: que o sujeito futuro conheça, sem remorso, sem recalque, o gozo de ter a sua disposição duas instâncias de linguagem, que ele fale isto ou aquilo segundo suas perversões, não segundo a Lei

PS: Tem um texto excelente de Marcia Mesquita que levanta pontos interessantes e desdobramentos do que escrevi aqui.

Anúncios

9 Respostas para “CRISE?

  1. O termo “Crise Financeira´´se proliferou assustadoramente em todos os segmentos editoriais do país.Essa pequena palavra de significado controverso,mas de efeito devastador,esteve atrelada ao Estados Unidos,em decorrência desse“Crash´´recente capitalismo e principalmente pelo fato da“Barackolândia´´,essa mega potência mundial ter sido uma das mais atribuladas pela recessão econômica.Evidentemente que todos esses fatores contribuíram negativamente para que a crise se tornasse esse grande marketing internacional, onde jornais,revistas e a mídia digital,só falam em crise,o que acaba banalizando a real situação em vivemos e consequentemente todo esse circo que foi armado pela imprensa só gera lucros para todos os veículos de comunicação,é claro.A terra do Tio Sam,ou seria do Tio Obama?Sempre influenciou o nosso país com as suas tendências e até mesmo o nosso modo de pensar e de agir e em relação a crise não seria diferente.Ou seja,ditou moda outra vez.Sempre disseram que o Brasil era americanizado.Carmen Miranda que o diga! Fui!!!!

  2. falar de crise nessa cobertura é sacanagem,,, hehehehehe.

    1 de fevereiro? aquariano como eu.

    abração.

  3. vitor aquariano? kkkkkkk capricórnio mesmo! de janeiro. um verdadeiro cabeçudo [ou seria cornudo?].
    vc é tão enturmado, né pig?

  4. to colocando lá no blog agora o nosso diálogo, daqui a pouco passo o link!

    bjs

  5. concordo plenamente. eu fiz um comentario ha um tempo atras sobre isso no blog da Lilian Pacce depois que eu vi no GNT fashion um sujeito falando que o trico estava na moda porque lembrava o casulo e nos tempos de crise a gente pensa na infancia e no casulo (?!). Eu nao tenho muita paciencia pra ficar escrevendo comentarios mas achei aquilo de um ridiculo tao grande que tive que falar alguma coisa e aproveitei pra falar que nao aguentava mais ouvir falar de crise nesses programas de moda. Tudo que se via na passarela era por causa da crise, por mais diferentes que fossem umas das outras, ate escrevi que pelo que eu tinha visto no SPFW a grande tendencia era mesmo a crise.
    adoro seu blog!
    beijos

  6. Eu estava falando com a Fe sobre isso hoje. Acho que muita gente não entendeu o real sentido daquele seu primeiro post. Não é que vc acha que não tem crise, e que não é para usar. Mas é para não deixar a “crise” virar o novo preto.

    Seu texto super me ajudou a entender melhor tudo isso. Eu mesmo tava me deixando levar por essa onda, e na verdade é muito mais que isso. Como vc falou uma mudança de comportamento já vinha sendo notada há muito tempo. Mas parece que só agora todo mundo se deu conta disso.

  7. o engraçado de ter concordado contigo no meu blog é q as críticas foram parar lá tb, só que lá o povo posta anonimo heuhaueh
    e eu deleto tudo! meu blog é totalitário!

    bjss

  8. claro que podeeeee
    vamo virar o paulo francis da moda!
    HAHAHAHAHAHAHHA
    bjsss

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s