POR QUE TANTA SEMANA DE MODA NO MUNDO?

dsc02057
Depois de conhecer a semana de moda de prêt-à-porter em Paris, voltei muito inquieto por constatar que a Moda – o sistema, a lógica e a realidade – pouco se encaixavam naquilo tudo que via. Temos uma sensação mentirosa – fruto da época que os desfiles de couture difundiam realmente o que deveria ser usado por todo mundo – que o que vemos em uma semana de moda realmente dialoga direto com a realidade de moda e que a influencia. Diálogo existe, mas em outra escala.
Hoje uma semana de moda tem mais um sentido publicitário de divulgar outros assuntos além-moda. E ela entrou no calendário cultural de diversas cidades – como existe semana de moda no mundo! – muito mais pelo caráter marqueteiro do que pela valorização da moda. Mesmo a moda ganhando um certo status cultural no mundo de hoje, ainda é vista como assunto de segundo ou terceiro escalão.
Claro que como disse o crítico literário Alcir Pécora para Alcino Leite: “A moda hoje é o que foi a música nos anos 60”. E pode parecer exagerado mas, no sentido publicitário, faz todo o sentido. O alcance que a moda tem de projeção de algo que está fora dela hoje foi o mesmo que a música pop teve nos anos 60. Então usa-se a moda para difundir objetos que estão em sua órbita como comportamento, design, luxo.
Enfim, o que quero dizer é que numa semana de moda existe muito pouca moda. Pareço cada dia entender melhor o que Mario Mendes um dia me disse que a moda realmente fazia todo o sentido nos desfiles de alta-costura.
Quando algo como a calça skinny ou o lenço palestino realmente ganham as ruas através da passarela – sim, o caso do lenço palestino é polêmico – parece que os estilistas marcaram um gol quase no fim do segundo tempo, mas no fundo foi a indústria que levemente se impôs. Talvez não seja à toa que uma estilista do porte de Clô Orozco diz hoje preferir ir no Premiere Vision – uma das mais importantes feiras de tecido do mundo – a assistir os desfiles da temporada.

PS: Exatamente por algumas dessas razões, a outra é de tentar historicizar minimamente uma marca que ainda durante esse mês e o outro escreverei no blog resenhas de coleções que desfilaram na SPFW. Quero me debruçar com mais prudência, sem o imediatismo do jornalismo e os holofotes de um espetáculo que a moda finge ser a atriz principal como fiz com um texto que muito prazer me deu, pois foi no solo do tempo e do passar do tempo que finalmente entendi a coleção de verão 2009 de Herchcovitch às portas de iniciar o seu inverno.

Anúncios

27 Respostas para “POR QUE TANTA SEMANA DE MODA NO MUNDO?

  1. Pingback: POR QUE TANTA SEMANA DE MODA NO MUNDO? : marketing

  2. Pingback: POR QUE TANTA SEMANA DE MODA NO MUNDO? : jornalismo

  3. Acredito que as semanas de moda existem para vender a Moda (manifestação sócio-cultural, conceito, marketing, indústria… sei lá) e não os produtos desfilados por ela. Roupa vende porque as pessoas se vestem. Ponto. Modinha vende porque as pessoas assistem TV e compram revistas. Ponto. E a Moda vende-se (nas semandas dedicadas a ela) porque quem faz TV e revista precisa que ela se venda. Ponto.

    Mas que é divertido e escapista, ah, isso juro que é.

  4. Gosto muito da forma como você escreve sobre a moda e esse sistema louco. Realmente moda é uma coisa e roupa é outra. Achei super pertinente sua coluna na Folha sobre os estrangeiros que cobrem o evento, tb falei mais superficialmente sobre isso em um blog que acabei de criar pra liberar um pouco meus questionamentos sobre a moda. É notável que mesmo em tempos hiper-globais muitas marcas ainda não entendem o que é ser (conceitualmente e comercialmente) um pouquinho mais ligadas no seu ‘local’. Abraços.

  5. Super concordo com você. Semana de moda é pura publicidade. Nem para os compradores faz tanto sentido assim…

    Eu estava pensando quase a mesma coisa. Tava lendo as matérias sobre a temporada de moda masculina e fiquei pensando se a gente quer mesmo toda essa austeridade, sobriedade e looks escuros, só pq o mundo está em crise. Até aqui mesmo no SPFW, ficava meio em dúvida de como o que a gente via ali nos desfiles se relacionava com a nossa realidade, que sentido (se é que tinha) fazia aquilo. As vezes achava esse “diálogo” meio imposto, ou forçado demais.

    Eu sei que existe um diálogo, mas não acho que está nas semanas de moda… Sem contar que quem está lá cobrindo, vive em tanta correria que nem dá tempo para parar e pensar direito numa coleção e como ela se relaciona com a sociedade e com o nosso tempo. A gente não tempo de parar e analisar com cuidado, meio que “de fora” para ter essa noção.

    Mas me fala mais dessa história de que a moda fazia sentido nos desfile de alta-costura? Fazia ou ainda fazem? Fiquei em dúvida… Eu acho que faziam, pq acho os desfile de alta-costura hoje uma coisa super escapista na verdade…

    Beijos!

  6. Oi tenho um blog de promoções, sorteios, e amostras grátis, dá uma olhadinha,
    Bjs
    http://bahtrilegaltche.blogspot.com

  7. Concordo com tudo que você diz no post, qual seria a finalidade das semanas de moda para a imprensa e para os compradores?! Aparentemente o que existe mesmo é todo um business, marketing e oba-oba rondando todas as semanas de moda. E quem será o próximo a dar o maior valor pela semana de moda de Nova Iorque? Business é o que manda no mundo e principalmente na moda, ainda mais em tempos de crise financeira.

  8. Boas reflexões, sua conclusão me lembrou Simmel e os momentos da moda. É óbvio que a semana de moda serve como display marketeiro, seria bom se isso fosse tranquilo na cabeça de todos, mal nenhum né, é trabalho. Mas o entorno continua dando o que falar, que também é bom. Oh saudades da alta costura…fantásticas obras primas.

  9. POR QUE TANTA SEMANA DE MODA NO MUNDO?
    Ai que uó, né??!! So last century!

    ;0)

  10. Seeensacional

    AH! vitor, já que não dá pra vc ser meu orientador, vou dar um jeito de te levar nem que seja como palestrante pra Santa! Se topar eu sugiro hahahahaha escolhe um tema ehuahae
    bjs

  11. ANGEL!! vamos dar pinta de colarzão, botinhas e gáspea alta???!

    ;0)

  12. amo seu texto e seus textos. se fosse dona de uma revista de moda te contratava na hora, te dava poder para acabar com o mundo se vc quisesse!

  13. Além da coisa publicitária, tem a sede do espetáculo, assim como na música há festivais e todo mundo quer ver o fulano no palco ou na picape, muita gente ainda se deslumbra com o catwalk, com o pit dos fotógrafos e a modelo (cada vez mais magra).

    se levar pro extremo da crítica pode soar sádico, mas talvez se as semanas de moda fossem sedimentadas num terreno mais criativo do que de quiosque da Natura, veríamos coisas mais interessantes, sem dúvida

  14. ANGEL!!!! a moda não assumiu o lugar da música e sim o lugar de DEUS!
    As semanas de moda são os encontros dos fiéis que vão fazer seus juramentos as tendências e se confessar esteticamente ao clã!
    A moda dá o suposto acalento para os filhos abandonados no paraíso!
    Mas nunca se esqueça dos 10 mandamentos da temporada!
    Stay beautiful
    ;0)

  15. *eu gostaria de reinvindicar um texto-sequência conversando sobre o picolé o os uniformes que as passarelas do spfw venderam.
    *adoro tudo acabando na vida real.
    *quero junto com luigi saber mais da alta0costura nesse pensamento, se possível.
    *e gente, o nucool me ama, não? vixe.

  16. lá vem vc, nucool, querendo angariar um rebanho pro seu oratório, digo blog
    afinal como vc me disse em dezembro que são mais 40 mil fiéis não?

  17. Olá.

    Primeiramente, gostaria de te parabenizar pelo site. Muito completo, com artigos muito bem estruturados. Parabéns!

    Segundo, estou aqui para lhe propor uma espécie de parceria. Sou dono do http://www.E-Book-Gratuito.Blogspot.Com, um site de download de e-books e livros totalmente grátis.
    Temos a meta de disponibilizar uma vasta biblioteca virtual para todos que tiverem um acesso a internet.

    A parceria seria muito simples: Você adicionaria o nosso link no site de vocês (No menu lateral), e eu adicionaria o link de vocês em meu site, também no Menu Lateral.

    Me contate através de meu e-mail: ownedzao@yahoo.com

    Muito Obrigado,
    Luiz!

  18. Pingback: Alta-Costura: Retomada de Valores » About Fashion

  19. Adoro seus textos!
    Ah e AMO o Nucool!

  20. Pingback: OFICINA DE ESTILO: MODA PRA VIDA REAL » Blog Archive » links legais para o fim de semana

  21. Gente a cena qua mais me marcou de ridícula foi no desfile do André Lima a modelo Fernanda Mota com um picolé na passarela. Auquela foi de matar…

  22. Pingback: TRILHAS DA MODA « MyPreview

  23. Adorei, Vitor. Linkei seu texto lá no blog. Uma beijoca!

  24. Pingback: SANTA CATARINA: INDÚSTRIA E EXPERIMENTALISMO « dus*****infernus

  25. Pingback: Oi Fashion Rocks - Marc Jacobs, Versace e Mariah Carey (!!!) | About Fashion

  26. Pingback: Tempos de mudança? | About Fashion

  27. Pingback: Louis Vuitton enfatiza o caráter artesanal em sua nova campanha | Minas Trend Preview

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s