SEU NOME? COMO CÊ CHAMA? – ENTREVISTA COM RICK LEVY

 

Rick Levy é arquiteto, host e persona gratíssima da noite e da nova literatura em São Paulo. Parece que se você quer escrever um romance urbano hoje no Brasil tem que citar o Rick. Algo que se um dia escrever um livro, já está prometido, também entrarei para esse quadro de escritores que citam o Rick (parece até comunidade no Orkut).

Mas ele ganhou fama e poder no casarão rocker Funhouse. Eu o conheci faz pouco tempo via Vivi Whiteman, mas já foi aquela loucura, tiramos uma foto bizarra e rimos o tempo todo que ficamos juntos. Foi no Natal passado.

Agora Rick faz a sua Big Festa Anual de Aniversário na quarta, dia 14 de maio. Dus *****Infernus aproveitou e fez uma mini-entrevista com ele.

 

 

Dus*****Infernus: Seu nome?

Rick Levy: Me chamo Rick, mas é de Ana Rickman… Hahahaha…

 

Dus*****Infernus: Como cê chama? 

Rick Levy: Me chamo Rick, mas é de Ana Rickman… Hahahaha…

 

Dus*****Infernus: Como você faz para sempre manter a integridade underground?

Rick Levy: Bom, como eu faço o que eu gosto, faço com vontade, então sai bem feito – acho eu.

 

Dus*****Infernus: Como você se sente sendo a pessoa que já foi retratada em 2 ou 3 livros de jovens romancistas talentosos que não deixaram de publicar o seu nome (Clarah Averbuck , Del Rangel e se não me engano o Santiago Nazarian)?

Rick Levy: Puts, é legal isso, né? Quem falar que não gosta de aparecer na mídia, na boa mídia, tá mentindo. É bom. Faz parte do reconhecimento do seu bom trabalho.

 

Dus*****Infernus: Como você faz para sorrir sempre na porta da Funhouse mesmo estando algum dia de  mau humor?

Rick Levy: É que eu como muita banana… Feijão, abacate e suco de laranja. Isso ajuda na produção de serotonina, sabia? hahahaha

 

Dus*****Infernus: Qual vai ser o babado da sua festa?

Rick Levy: O bafo tá aqui –

 

 


 

Quem quer ir a Fun house é

Rua Bela Cintra, 567 Consolação – São Paulo –

Tel.: 3259 3793 / 3151 4530

 

 

 

Anúncios

6 Respostas para “SEU NOME? COMO CÊ CHAMA? – ENTREVISTA COM RICK LEVY

  1. vc nem foi na funhouse até hoje, néééé? e por que tem de citar o cara em qualquer livro sobre a noite paulistana? acho que a erika esqueceu do ricky no livro dela, né? adoro quando a senhora faz a amiga simpática! kkkkkkkkkkkkkkkk

  2. nossa, não vai caber o povo hoje na funhell!!!

  3. Sei que hoje em dia é importante fazer a meiga, aqueles tais redes de trabalho, Lalai me falou disso. Mas as vezes o povo força na simpatia. Eu odeio essa coisa rock, rock retrô e casa de estudante universitário. Sou assim, minimal tech!

  4. Faz bem uns 3 ou 4 anos q eu não vou na Fanráááuse, mas eu AMO o Rick.
    Meu amigo de sempre.

  5. sou amaiga da maria palomino!!! é isso aí, kiridjinha!!!

  6. Querido, estive visitando seus amiguinhos que tem blog falando de roupinha, tô passada! Eles são muito ruins, só reproduzem o que acabei de ler recentemente nos jornais. A gente tenta levar moda a sério e as wanabees acabam com tudo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s