CADÊ MINHA ROUPA? SUMIU

wonder1.jpg 

Uma vez, entrevistando o editor de moda Alcino Leite sobre como seria a roupa do futuro, ele me respondeu que seri0a descartável, que você usaria e jogaria fora depois.

Algo semelhante, segundo o raciocínio do descartável mas com viés ecológico é o “Wonderland” desenvolvido pela estilista inglesa Helen Storey. O projeto desenvolvido em parceria com o químico Tony Ryan, professor da Universidade de Sheffield consiste em criar roupas que se dissolvam com o tempo. Essa moda biodegradável está sendo exposta em Londres na galeria da London College of Fashion, numa vitrine na John Princes Street e quando a exposição chegar em Belfast no final de 2008, as roupas sumirão completamente. É claro que o pessoal do SHOWstudio está gravando tudo e você pode conferir aqui.

Os “disappearing dresses” podem realmente fazer a diferença, só espero que eles não sejam biodesagradáveis de vestir.

Anúncios

9 Respostas para “CADÊ MINHA ROUPA? SUMIU

  1. Acho que tem muitos outros nichos antes deles chegarem as roupas… pq não tentam começar com as embalagens dos produtos…???

    Esses mininusssss!!!

  2. Realmente, moda “descartável” é um assunto interessante!!!
    Imagina, a possibilidade de não repetir roupa!!!É claro que o mais importante da idéia é o meio ambiente! Assunto alias muito debatido na atualidade!
    E faz com que vários segmentos se reinventem … a moda é um deles, depois da onda de sacolas e tecidos ecólogicos, da utilização do fio pet, da customização como forma de reaproveitamento, surge os tecidos biodegradáveis!!!
    Interessante!!!É o mundo fashion fazendo a sua parte!!
    Beijos

  3. Marlene Dietrich

    Near You

    There’s just one place for me
    Near you
    It’s like heaven to be
    Near you

    Times when we’re apart
    I can’t face my heart
    Say you’ll never stray
    More than just two lips away

    If my hours could be spent
    Near you
    I’d be more than content
    Near you

    Make my life worthwhile
    By telling me that I’ll
    Spend the rest of my days
    Near you

    If my hours could be spent
    Near you
    I’d be more than content
    Near you

    Make my life worthwhile
    There’s just one place for me
    Near you
    It’s like heaven to be
    Near you

    Times when we’re apart
    I can’t face my heart
    Say you’ll never stray
    More than just two lips away

    If my hours could be spent
    Near you
    I’d be more than content
    Near you

    Make my life worthwhile
    By telling me that I’ll
    Spend the rest of my days
    Near you

    If my hours could be spent
    Near you
    I’d be more than content
    Near you

    Make my life worthwhile
    By telling me that I’ll
    Spend the rest of my days
    Near you

    I’ll spend the rest of my days
    Near you
    Spend the rest of my days
    Near You

  4. a fofa Mitchi só esqueceu de dizer onde vão jogar fora os tecidos feitos de fios de plástico das garrafas pet. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ah! aquele comercial de carro que uma modelo usa uma jaqueta que tem as mangas com zíper – e elas as tira durante o comercial – é de quem? dona coelho?

  5. Pingback: come back « +1 teku

  6. Achei interessante também esta história. Mas como a idéia ainda é bem distante… afinal será preciso muito dindin para se manter o armário…. continuo com as minhas não bio…

  7. Minhas calcinhas já são assim! Com o tempo elas folgam, partes do tecido somem e quanto mais eu insisto em usar, mais pedaços delas desparecem…

  8. ei eu perdi minha roupa eu sou caunha preta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s