SPFW: I’M BUT I’M (BORDADOS E LITERALIDADES)

Eu sei que a semana de moda deixa a gente meio mal humorado, mas também vamos com calma na ranhetice. Mas nada que um olho por olho pra tudo acabar bem.

bordados-de-viana.jpg 

Ricardo Oliveros escreveu no meu post sobre a influência portuguesa que o ponto cruz surgiu na China. Tudo bem que ele estava puxando a sardinha para o seu lado, mas nem Gilda Chataignier, a maior expert no assunto sobre tecidos, fios e bordados confirma essa aposta de Oliveros. Supõem-se que sim, técnicas de ponto cruz já tinham sido encontradas na pré-história. E o que hoje conhecemos como ponto cruz é a técnica do bordado inglês do século 16 e 17 e difundido pela Europa e principalmente em Portugal diante o famoso Tratado dos Panos e Vinhos.

flores-portuga.jpg 

Mas as flores do post não eram ponto cruz, pelo menos isso me ensinou Cris Gabrielli da Oficina de Estilo e vejam como essa parte decorativa – as flores – é referência direta da tradição portuguesa:  

bordado-portugues.jpgbordado-portugues.jpgbordado-portugues.jpgbordado-portugues.jpgbordado-portugues.jpg

Esse tipo de bordado e desenho de flores aparece nas coleções da Zoomp e do Fause! 

Sobre a questão mexicana, o problema é mais embaixo. Nem vou comentar sobre a troca de influências entre os povos ibero-americanos. A imagem do véu em Fause é uma leitura literal do traje típico de tijuana.

tehuana.jpg 

O que todo fashionista que se preze odeia uma leitura literal, mas pelo jeito dessa vez adoraram.

Não podemos esquecer que esse traje mexicano tem relação direta com a inquisição e com as vestes do luto português como o negro traje de Viana. (como bem Ana salientou): esse é um traje de noiva minhota. Mas o recado é o mesmo no sentido de perseguir literalidades.

veu-portuga.jpg

Aliás, cá entre nós, seria muito melhor se a referência fosse essa e não a literalidade mexicana. Achei bem português da parte do Fause!

fausae.jpg

Anúncios

10 Respostas para “SPFW: I’M BUT I’M (BORDADOS E LITERALIDADES)

  1. I’m arrasando Tras-Os-Montes.

    O ” deoxyribonucleic acid” do Alexandre parece vir todo da Europa realmente – Parte Zoomp made in Portugal, parte Herchcovitch a la Lanvin…

    Albar agradece, Roberto Leal tb!

  2. xoxonenta, é bom revisar esses textos antes de publicá-los… tem partes sem conexão, vírgulas em lugares errados… uma lástima! E onde fica Tehuana? uma cidade perdida? Tijuana eu conheço do mapa mundi e fica no norte do México.

    da sua editoratrix preferida. ah! a senhora me deve um jantar, lembra?

    já tá usando tamancas lusitanas?

  3. Portugal ou México, acho tudo folclórico demais pro meu gosto. Pronto, falei!

  4. Pelo menos o xoxo valeu a pesquisa!!!! Mas como tem gente que acredita que o macarrão vem da Italia o que fazer? Eu vejo MAO, eu escuto MAO, eu falo MAO!!!!!

  5. Como eu não li o relase do Fause, só não entendi o que Marlene Dietrich tem a ver com México…

    Se puder fazer uma nova pesquisa… ehuehuehhe

  6. dou mta risada com vc. até de ny eu gargalho soziha com seu blog! bjo gde

  7. E depois de todo esse super post, tem que vir um comentário cretino e autocentrado: EU SEI FAZER PONTO DE CRUZ!!! Hu hu hu!!!! Não sei nem pregar botão, mas ponto de cruz é comigo!!!

  8. há por aí algumas ideias erradas àcerca do fólclore português, a começar por esta ideia:
    “as vestes do luto português como o negro traje de Viana”
    o traje da foto não tem nada a ver com luto; trata-se, sim, de um traje de NOIVA minhota.
    deixo um link para um vestido de noiva que fiz em 2007 com os motivos dos célebres “lenços dos namorados”ou “lenço dos pedidos” da região minhota-http://anaabportefolio.blogspot.com/2007/11/cludia-c-maio-2007.html

  9. Pingback: OFICINA DE ESTILO: MODA PRA VIDA REAL » Blog Archive » links de sexta: tudo de blogs novos!

  10. como e o nome dessa modelo com um sesto de flores no ombro ? fiquei assustada como ela se parece com minha filha.todos que veem a fotu nao acreditam que nao seja minha filha, estou curiosa sobre ela.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s