OLIVEROS FAZ ANOS E A DIFERENÇA

oliveros-10.jpg 

Oliveros é um ser especial, ame ou odeie essa persona, ele é único e num mundo de massificações e idéias sempre tão banais, ele faz uma grande diferença. Tenho a sorte de dividir o apartamento com ele e também muito das nossas loucuras diárias. Ele já bateu porta na minha cara (literalmente) e já me estendeu a mão (figurado) assim como eu e por isso pra mim ele é mais um membro da minha família.

E como membro da minha família, só eu posso falar mal, sabe como? (Como diria Ricardo encarnado em Regina Guerreiro). Por isso, aí se alguém fizer maldade com ele.

Fora isso, ele é brilhante em todos os sentidos da palavra e lapidou um manual ótimo sobre a pista elegante. Oliveros está lançando hoje , sexta, a versão pocket, nA D-Edge, aproveitando pra comemorar seus 30 anos de pistas e seu aniversário.

Feliz aniversário, Uóli!!!!!!!

amigos.jpg

Oliveros solta a língua em entrevista pro Dus*****Infernus

Abaixo uma entrevistinha dus infernus com a minha kiriDJinha: 

Dus*****Infernus: Porque você era conhecida como Butterfly em Santos?

Ricardo Oliveros: Surgiu com um xoxo, porque sou gay e uns caras ficavam mexendo comigo: Olha lá vai a Borboleta! Um dia um deles foi meio longe demais e acabei socando a cara dele. Todos perguntavam: sabe quem bateu no fulano? O Butterfly… Aí virou personagem de Santos…  

D*****I: Por que você desistiu da arquitetura?

Oliveros: Eu desisti da profissão, não do pensamento de arquiteto. Fiz meu mestrado em Teoria da Arquitetura e você me indicou para fazer uns freelas como critico de variedades no Supersite [site gay da finada zip.net], que era editado pela Suzy Capó. Depois um por um foi saindo [do site] e passei para repórter, editor. Quando vi, havia virado jornalista.  

D*****I: A dança está sempre associada à música, como você, que odeia música, aprendeu a dançar tão bem?

Oliveros: Eu não odeio música, só não entendo de música. De qualquer forma entendo de ritmo e contagem. Comecei fazendo aulas com o Klauss Vianna, estudei dança na Unicamp, fiquei por lá um ano e fiz várias aulas pela vida. Mas quando fiz um workshop com o Kazuo Ohno entendi uma outra forma de movimento. E nunca mais parei de dançar.  

D*****I: Como as pessoas reagiram quando você saiu de saia pela primeira vez?

Oliveros: Eu morava em Santos e tinha visto em algum lugar o desfile do Jean Paul Gaultier com a sua primeira saia masculina. Achei genial e saí assim tipo final de tarde no shopping da cidade. Quando passei pela Praça da Independência, os motoristas de táxi provocaram um buzinaço. Um amigo passou e disse: Sabiam que eles estão buzinando para você? E respondi: Claro, não é um sucesso? Desde então uso saia regularmente, sem problemas. Tenho várias no meu guarda-roupa… 

D*****I: Você sonha com o grande amor?

Oliveros: Sim, mas a idéia de um grande amor foi mudando com o passar dos anos. Já casei 4 vezes e estou solteiro há 10 anos. Cada ano me apaixono pela pessoa errada! Mas quem disse que a busca não é um prazer?  

D*****I: Você faz coisas bizarras na cama? O que?

Oliveros: Todo dia faço coisas muito bizarras na cama. Começa meio simples, como não quer nada, quando vejo eu mesmo nem acredito. Começa geralmente quando a faxineira sai. Vejo aquela cama limpinha, arrumada e repito para mim mesmo: desta vez vai ser diferente. Não adianta, no segundo dia ela está completamente revirada. Tem livro, bandeja, cinzeiro, laptop, convites, é tanta coisa, que quando vejo nem espaço pra mim tem. Vou acumulando tudo o que estou fazendo nela. É absurdo, insano e muito maior do que eu mesmo.      

D*****I: A sua vida é arte ou a arte é a sua vida?

Oliveros: Sou moderno, não consegui romper com isso. A arquitetura trouxe isso e eu não consigo me desvencilhar.  Então toda a ruptura dos limites entre arte e vida, arte total, continuam rondando meu pensamento. Três dos meus artistas preferidos são Joseph Beuyes, Sophie Calle e Leonilson, sabe como? Na performance Saindo do Armário, a única diferença era estar na Galeria Vermelho. Faço quase a mesma performance toda sexta no D-Edge. Tem um ritual de preparação bem grande até sair de casa para trabalhar.  

D*****I: Se você fosse a Erika Palomino você faria o que?

Oliveros: Transformaria o Pista Chic num Babado Forte! 

D*****I: Se você tivesse que apresentar um programa de televisão, qual seria?

Oliveros: Um bem bizarro, apresentado aqui de casa mesmo. Uma versão (mais) freak destes programas de variedades misturado com reality show.  

D*****I: Você se acha chic?

Oliveros: Nem um pouco, assim como não me considero inteligente. Se eu fosse de fato chic e inteligente, eu não teria que matar um leão por dia. Não estaria preocupado se vou cobrir as semanas de moda pelo veículo A ou B. Não estaria preocupado em como pagar o aluguel no final do mês. Eu saberia dirigir um carro. Como você sabe muito bem meu personagem preferido de novelas é o Jamanta. O que eu tenho é uma memória muito boa e uma capacidade de juntar coisas que parecem fazer sentido. Tecnicamente sei me portar em qualquer lugar, porque eu li (ou vi) e memorizei.
Sou uma imitação daquilo que eu memorizei para mim mesmo.

As inúmeras personas de Oliveros

oliveros-1.jpg

oliveros-2.jpg

oliveros-3.jpg

oliveros-4.jpg

oliveros-5.jpg

oliveros-6.jpg

oliveros-7.jpg

oliveros-8.jpg

oliveros-9.jpg

A décima foto com certeza será com o modelo que ele irá hoje ao D-Edge!

  

Anúncios

8 Respostas para “OLIVEROS FAZ ANOS E A DIFERENÇA

  1. Que delícia de post e de entrevista! Ele merece. Parabéns a Cleópatra! (eu tenho a sensação de ver a Cleópatra personificada no Oliveros em vários momentos…..rs)

  2. lindo isso de só você poder fazer maldade com ele (mini lagriminha descendo!). a gente te copiou e amanhã o aniversário vai ser comemorado no blog também. com link pra entrevista e tudo. =)

  3. quero saber s enossa amiga dançarina sabe os passos de techtonik… vamos juntar uma turma e pedir aulas pra thelma, vai ser hilário…

  4. Pingback: Hoje é o B’DAY PARTY!!! « fora de moda

  5. Pingback: Oficina de Estilo » Blog Archive » blogs de moda em entrevistas

  6. Pingback: No mundo nada se cria… « FORA DE MODA

  7. Pingback: PISTA CHIC PARA TODOS!!! « FORA DE MODA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s