O EGITO DE SUZY MENKES E O EGITO DE FABIA BERCSEK

Através do blog de Marianna Valente fiquei sabendo que recentemente a crítica de moda Suzy Menkes escreveu que existia um momento Egito no ar.

aida460.jpg

figurino de Zandra Rhodes para a ópera “Aida”

O seu olhar super apurado detecta que, além da abertura da exposição em Londres sobre o jovem rei egípcio Tutankhamun, a nova montagem da “Aida” de Verdi que se passa no antigo Egito com figurino criado por Zandra Rhodes ou mesmo as jóias de Azza Fahmy para Julien Macdonald, o país dos faraós está imprimindo sua presença pelo destaque de duas cores que o simbolizou aparecerem em muitas coleções importantes: o azul turquesa e o dourado.

De certa maneira é um Egito glamouroso, dos nobres e faraós, é uma inspiração recorrente como já aconteceu na fabulosa coleção de alta costura da Dior verão 2004, que John Galliano.soltou a imaginação e teve modelos na passarela com cabeça de Anúbis e outros deuses, um verdadeiro e delicioso delírio fashion!

dior-spring-2004-carolo-trentini.jpg

Carol Trentini faz a egípcia em desfile incrível de Galiano para a Dior couture

Mas dona Menkes percebe esse momento agora no mundo. Aqui no Brasil, Fábia Bercsek fez um desfile inspirado em Cleópatra que dividiu opiniões. Uns adoraram outros detestaram, eu sou do primeiro time, pois fui conquistado pelo texto afiado de Jorge Wakabara sobre o desfile da estilista, já que não pude comparecer e só “assisti” a coleção por fotos.

fb-oliveros.jpg foto de Oliveros

Diferentemente das grandes marcas internacionais, Fábia tem uma grife bem pequena e uma questão pela frente: como poderia desenhar uma imagem de opulência e ostentação que tanto o Egito de Suzy Menkes pede?

A sacada da estilista foi não enveredar por esse caminho e descobrir o seu próprio Egito. Um Egito das marchinhas de carnaval, das chanchadas da Atlântica, um Egito brejeiro como Camila Pitanga, a nossa rainha maior na época assim como a mais admirada prostituta. È uma visão muito particular, de uma mulher forte sem perder a sensualidade feminina, por isso a seção de alfaiataria, mas sempre vermelha como se o desejo nunca saísse do corpo.

fabia-azule-dourada-verao-2008.jpg

Tem até dourado, mas a bossa é outra no Egito de Fabia

Ela organicamente leu o Egito pelo Brasil sem folclorizar pois essa mulher forte e sensual ao mesmo tempo está na construção do DNA de sua marca.

E o tema Egito vai estar na inauguração de sua loja de rua, lá no Alto Jardins (Alameda Franca, 1357) no projeto capitaneado por Aninha Strumpf. A abertura está prometida para final desse mês.

boutiquefbweb.jpg

Egito, Egito, ê… Faraó óóó

Anúncios

5 Respostas para “O EGITO DE SUZY MENKES E O EGITO DE FABIA BERCSEK

  1. arrasou nas conexões – todas. a melhor parte vai ser comprar a coleção, tipo mega vida real. to ansiosa pra abrir esse recanto logo.

    (seus textos deviam vir acompanhados de áudio, você devia ler pra gente – e rir no meio das frases, que eu super imagino assim!)

  2. oooolha meu texto afiado
    HAHA
    adoro
    bjs

  3. Nao sabia que o Djoh tava escrevendo pra moda.
    O mundo dá voooooooooltas…………

  4. Nossa, o desfile da Fábia foi incrível, um dos melhores da SPFW, na minha opinião. E muuuuuuuuita gente amou, tanto que vc não abre uma revista tipo celebrity sem ver uma bonita com um modelito Bercsek. Fernanda Lima, Camila Pitanga, Débora Falabella, tipo geral usando. Adoro, pq a Fábia é uma das estilistas mais incríveis dessa geração e merece pencas.

  5. Pingback: A CLEÓPATRA DE BRESSANE E A CLEÓPATRA DE BERCSEK « dus*****infernus

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s