O MELHOR E O PIOR DO PENSE MODA

pensemoda_3003.gif É incrível como o pior e o melhor podem conviver juntos e foi isso que aconteceu no penúltimo dia do Pense Moda.

Vamos começar com a notícia boa: eu não me recordo de ver tantos estilistas de diferentes estilos e com histórias tão diversas reunidos em uma mesa redonda. A faísca da diferença estava no ar e o respeito que todos se trataram foi um exemplo que o debate deve continuar. Tinha da indústria Tufi Duek à marcas de estilistas que mantém sua grife ainda de maneira pequena mas não menos importante como Lorenzo Merlino e Marcelo Sommer, além de Jum Nakao que não tem marca própria e trabalha para uma no Bom Retiro, além de fazer trabalhos ligados ás relações entre moda e arte.

Só essa reunião que pra mim foi inédita, já valeu todo o Pense Moda. A maneira como expressam a moda que fazem e a personalidade que imprimem nas marcas que trabalham estava presente o tempo todo. Como disse a Fernanda do Oficina, o Tufi é o nosso Silvio Santos e como tal agradou a massa que o aplaudiu inúmeras vezes, teve troca de elogios entre Marcelo Sommer e Jum Nakao, teve colocações importantes de Reinaldo sobre o momento pós estilista –poeta dos anos 80 assim como Lorenzo falando das dificuldades de uma marca nacional e tentando deixar claro, apesar de não conseguir que as marcas ficam, os estilistas vão. Foi um confronto silencioso e gigantesco!

Em compensação no mesmo debate teve a mediação barulhenta, histriônica e deselegante de José Gayegos. Sem preparo, cometeu gafes ao falar que não conhecia um dos estilistas que participava da mesa. Fez intervenções desnecessárias como se o debate a ele se referisse. Ele era o mediador, deveria conhecer no mínimo os convidados, deveria conhecer no mínimo o seu lugar naquela hora. O fato dele, sim, ser um nome importante para a moda brasileira, cuidar do acervo de Dener, dar aulas de moda, ser estilista, não o dá o direito de desrespeitar nem a platéia nem a mesa de debate.

Ele foi a máxima do que estava ocorrendo durante os dias anteriores, pessoas que se aproveitam da oportunidade de ter a voz durante um debate e ao invés de fazer reflexões e perguntas pertinentes ao que se está discutindo, aproveita para colocar seus problemas pessoais, contar de sua vida. Detesto esse momento psicanálise, sorry, chama o Freud!

Anúncios

2 Respostas para “O MELHOR E O PIOR DO PENSE MODA

  1. Chama o Freud e o lexotan! O povo quer aparecer, e a minha bota é que é o destaque. Tá tudo errado. rsrsrsrsrsrsrs

    Chama um Dreyer!

  2. e se o tufi é o silvio santos da moda, o gayegos pode ser tipo um serginho malandro bem decadente. não?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s