Arquivo do mês: outubro 2007

PENSAMENTO FRACO DE DOMINGO NA TERÇA

Não há nada mais velho que o novo!

Anúncios

DOVE E A BELEZA

As campanhas da Dove pela “beleza real” é a antítese do que vivemos.

MEME: 5 LIVROS DUS INFERNUS

 livros.jpg

Recebi um convite da Biti Averbach para fazer um meme. Nem tinha idéia do que se tratava, aí fui no site dela e aprendi mais um termo da blogsfera.

Ela escreveu lá:“Você sabe o que é um meme? Não? Até agora eu também não sabia. É um termo cunhado pelo escritor Richard Dawkins, no livro “O Gene Egoísta”, e denomina uma unidade mínima de informação que se multiplica de cérebro em cérebro. O meme estaria para a memória, assim como o gene para a genética. 

Já no mundo nerd da blogosfera, um meme é uma espécie de corrente transmitida de blog em blog, conforme as pessoas respondem a um tema proposto e o repassam adiante”.

 E ela repassou para eu escrever os 5 livros mais importantes da minha vida: 

“Reinações de Narizinho”, de Monteiro Lobato

Meu primeiro e eterno grande livro. Lembro de pedir ao meu pai a coleção do Monteiro Lobato e esse era o primeiro da leva. O impacto foi tão grande que até hoje lembro de tudo: do Saci, da Cuca, do reino das Águas Claras, do casamento da Emília com o Marquês de Rabicó, do Burro Falante, e é claro do pó de pirlimpimpim… 

“Alice no País das Maravilhas”, de Lewis Caroll

Lembro de ler esse livro para uma peça na escola. Fiquei tão enlouquecido com a história que não fiquei satisfeito com nenhuma personagem que me fora escolhido para interpretar. Fui escalado para ser o Chapeleiro Maluco, mas troquei com um amigo, pois queria ser a Lagarta. Quando a peça estreou queria a todo custo ser a Lebre. Mas lembro que adorava ficar deitado a peça inteira com um narguilê que soltava fumaça e falando: Ora, mas que absurdo!!!! 

“O Homem e o Cavalo, A Morta, O Rei da Vela”, de Oswald de Andrade

As 3 peças que o genial Oswald escreveu nunca foram encenadas enquanto ele esteve vivo e era uma publicação que trazia as obras completas do nosso maior pensador. Esse livro continha apenas as peças escritas por ele. Nunca vou esquecer de tardes inteiras em casa com amigos lendo em voz alta essas peças e simplesmente chorando de rir, impressionados com tamanha imaginação. A alegria é a prova dos 9! 

“Poesias Completas”, de Fernando Pessoa

Fernando Pessoa junto com outros poetas me ensinou na adolescência sobre a superioridade da poesia em relação a prosa. Mas ele foi o primeiro, aliás, Alberto Caeiro causou um estrago grande aos meus 15 anos.

“Há metafísica bastante em não pensar em nada”.

Aos dezoito, a revolta de Álvaro de Campos se fez presente nos meus pensamentos.

“Não me peguem no braço! 
Não gosto que me peguem no braço.  Quero ser sozinho.  
Já disse que sou sozinho! 
Ah, que maçada quererem que eu seja da companhia!”

Depois ele adormeceu em minha vida, um pouco pelo desprezo que João Cabral de Melo Neto nutre pelo poeta português e pela minha imensa admiração pela poesia e pelo pensamento do pernambucano.

Com 30 anos, longe dos radicalismos e de tomar partidos, me apego em Ricardo Reis, o complexo!

“Cada um cumpre o destino que lhe cumpre,

E deseja o destino que deseja;

Nem cumpre o que deseja,

Nem deseja o que cumpre”.

Pessoa é de uma alma muito vasta, pois ainda falta conhecer a poesia do próprio Fernando Pessoa. Exercício que a idade só aprimora.  

“O Caminho de Swann”, de Marcel Proust

Aos quase 40 anos, não esperava ler mais nada que mudasse minha maneira de enxergar o mundo. Um grande amigo e leitor compulsivo, Wagner Vall, leu esse clássico faz pouco tempo e insistiu muito para que eu lesse, pois achava que eu estava no momento certo para entrar no emaranhado da alma humana descrita por Proust. Foi a viagem mais fantástica que fiz nos últimos tempos. Tudo é grandioso pela sutileza das descrições dos nossos sentimentos mais banais. A generosidade de Proust em compartilhar conosco o que sentimos e nem percebemos que sentimos faz desse livro leitura obrigatória.

Agora convido amigos pra que façam sua lista de 5 livros favoritos: 

Sylvain Justum do Hypercool

Pedro Beck do Só se Fala em Outra Coisa

Maria Prata do Prata na Moda

Claudia Assef do Todo Dj Já Sambou

Nina Lemos do 02 Neurônio

PENSAMENTO FRACO DE DOMINGO

Que oDior da Chanel, só ela Comme des  Garçons, aquela Kenzo!

CHALAYAN SE UNE A NICK KNIGHT PARA AVANÇAR SUA VISÃO DO FUTURO E DA MULHER

chalayan1.jpg  Hussein Chalayan verão 2008

Não é desta nem da histórica temporada de verão 2007 que sou um aficionado pelo anglo cipriota Hussein Chalayan. Seu fascínio pelo design e sua posição no debate das novas idéias da moda e por conseqüência das artes em geral faz do estilista uma personagem impar no mundo da moda e no mundo das idéias.A construção de seus excelentes vestidos, a importância do acessório como fator vital na composição do look e a integração tecido+roupa+tecnologia estão ali para não só construir uma imagem, mas sim criar um debate sobre ela.Seu projeto renascentista reatualizado em unir arte e ciência, no caso tecnologia, não é algo frio e programático e sim orgânico e visceral!Para o verão 2008, ele apresentou sua coleção de em uma galeria de arte em Paris, só que de vez passarela, Chalayan mostrou filme que fez com o fotógrafo Nick Knight e seu genial SHOWSTUDIO.

Dessa vez ele debate a feminilidade vista pelo signo da fluidez que ganha caráter etéreo e o mais importante, o estilista indica ao colocar laser nos vestidos que a fluidez não está no tecido e sim na alma das mulheres.

assista o vídeo Readings aka a coleção de verão 2008 de Chalayan

PARIS BERTHOLINOU!

A cidade luz sempre foi chegada em um pretinho básico e isso não mudou nessa temporada. Os tons terrosos, o preto e o branco continuam, mas faz muito tempo que não se via um verão tão colorido.

balenciaga.jpg

Balenciaga verão 2008

comme.jpg

Comme des Garçons verão 2008

junia.jpg

Junya Watanabe verão 2008

undercover.jpg

Undercover verão 2008

vivienne.jpg

Vivienne Westwood verão 2008

yamamoto.jpg

Yohji Yamamoto verão 2008

THEODORA LANÇA COLEÇÃO VERÃO 2008 E BLOGS A MANCHEIA

hshshs2.jpg

A estação mais quente do ano chega na Theodora e Rita Wainer lança a coleção para o verão 2007 nesta terça. dia 02 de outubro. Segundo nota da assessoria: “as peças traduzem o universo da estilista que aplica na maioria das peças seu incrível trabalho de ilustração”.E Rita acredita no provérbio” a união faz a força” , ela lança também os blogs oficiais de venda da Theodora, da Editora e Loja do Bispo, do badalado Estúdio Xingu – dos meu queridos designers Zeca Gerace e Victor Correa e do brechó mais amado pelos fashionistas e pelo povo da noite dessa cidade, o Juisy by Licquor.

Theodora-www.mundodetheodora.blogspot.com

Editora do Bispo- www.dobispo.zip.net

Estúdio Xingu-www.perolasdoxingu.blogspot.com

Juisy by Licquor- http://www.juisi.blogspot.com

Serviço:

Na terça-feira (dia 02/10), a partir das 18h30. Theodora

Rua Tinhorão, 72

Tel.: (11) 3825-5876