MARIA PRAD(T)A DUS INFERNUS

Bom, não é bem que ela é dus infernus, mesmo isso sendo um elogio. Ela me lembrou indiretamente que meu blog faz um mês de existência pois nasceu no mesmo dia que o dela, fato que ela postou comemorativamente com mudança de layout e tudo nesse final de semana. Pra não copiar tão na cara dura vou dar um tempinho pra mudar o meu! Bem, nem sei se vou mudar, vai que a Piauí me fotografa e eu não quero ficar com cara de Layana Thomas procurando a revista referência.

E não sei como me lembrei que Maria Prata na temporada passada (não lembro se foi na passada ou retrasada, mas também nem lembrava que meu blog fazia aniversário e isso faz um mês só atrás!!!!!), me contou que iria pra Milão assistir o desfile da Prada. Tipo (café) seleto!

00060m.jpg Foto Marcio Madeira

Na hora que ela falou, ficamos os dois entusiasmados. Tipo deslumbre–caguei–porque-eu-também-sei-deslumbrar. Eu lembro que quando ela me contou, meus olhos brilhavam como de uma criança que ganha de presente uma viagem á Disney e ela não parecia diferente com a diferença de ter o ticket do brinquedo na mão.

Pois bem, ela foi, voltou e eu perguntei: E aí Maria, como foi? Ela respondeu que foi incrível, estávamos com pressa e nunca mais tocamos no assunto. Não sei o porquê, lembrei disso hoje. Que ela nunca me contou como foi e eu esqueci (lógico!) completamente de perguntar novamente. Tipo dus infernus!

Como ela ainda não me contou, mas tenho certeza que agora vai, eu resolvi imaginar. E já que a imaginação é minha, resolvi também me colocar na história.

Encontrei a Maria em um café na Via della Spiga, ela estava exausta pois tinha feito um fechamento durante as 11 horas de vôo até Milão. Ela fechou no avião mesmo com a Daniela Falcão super colocando até as aeromoças pra trabalhar, pois você sabe…Vogue, como diria a Madonna.

Mas ela estava com uma pele ótima pois a Pat, a McGrath tinha dado um tapa e assim esperamos a Hillary, não a clinton, a Alexander e o Stefano, o Tonchi. Eles, como sempre atrasados. Foi-se o tempo que americanos e britânicos eram pontuais. Eles queriam conhecer pessoalmente Fernanda Resende, a nova darling da moda que estava fazendo um editorial super bombado e de vanguarda com Anna, a Piaggi como modelo inspirado nos looks shortinhos de Oliveros na temporada de verão 2008 (aí as datas, tudo bem, né,.atemporal).

Encontramos com elas a pleno vapor. Piaggi ainda deu tempo de ensinar em um vídeo para postar no Blogview o seu estilo de maquiagem e os produtos que usa. E não é que as pernas dela de fora, são iguais a cara… Meio rosa, meio roxo!

Quem fotografava era o Luigi que tinha como assistente Steven , não o Spielberg, o Meisel. Meio fora de foco estava o Meisel coitado.

Bom, tivemos que correr pro desfile. Aproveitamos e pegamos carona com a Franca , não a mente, a Sozzani que queria muito saber tudo sobre o macacão da Gilda Midani que a Maria estava usando durante o café. Em sonho todos trocamos de roupa o tempo todo, uma mais incrível que a outra e todos falamos uma mesma língua. .

Toca o telefone, é o Sylvain e a Biti. Eles estão na sala e estão com medo que a Anna, a Wintour e a Carine, a Roitfeld peguem o nosso lugar.

Maria liga pra Daniela Falcão e em um minuto o problema está resolvido. Estamos com nossos lugares reservados!

Chegamos enfim, não sem antes André, o Leon me deixar um bilhete com a receita de seu regime.

Acendem as luzes. Começa o desfile.

Vejam o que escrevi, mas como assistente acabei não assinando. Ou vocês pensam que é só no Brasil que isso acontece e que nos delírios não vão ter perrengues também. Aloka!

Parabéns Maria pelo blog, e espero que um dia você me conte como foi, se eu lembrar de perguntar…

E parabéns pra mim também, oras!

Anúncios

12 Respostas para “MARIA PRAD(T)A DUS INFERNUS

  1. Amei esse post!!! Estou rindo compulsivamente até agora!!! Até pedi pro Steve ir buscar um copo d’água para eu me acalmar um pouco!!

  2. Impagável!
    Faltou dizer que, na briga pelos lugares na sala, eu e a Biti acabamos pegando os brindes (em Milão vale a pena….) das cadeiras ao lado pra ninguém ficar sem!
    Que viagem essa história! Alguém tira os antibióticos do Vitor! Adorei! Bjs!

  3. AMEEEEEEII!!! Não tinha lido isso não! O fechamento dus infernus não me deixa ler nada ultimamente, a não ser os prints que insistem em se empilhar aqui na frente… Que delícia! Eu te conto tudo, a gente precisa encontrar. foi o máximo, o máximo. E tem passagens hilárias tipo eu sentada em lugar achando que não ia ser notada, até descobrir que TODAS as cadeiras em volta de mim eram reservadas à imprensa japa! Como meus cabelos até que enganam, meti uns óculos no rosto e fiz cara de paisagem! Depois eu conto tudo tudo. bjo enorme

  4. Pingback: O primeiro desfile da Prada a gente nunca esquece « Eu mexo com modas

  5. Adorei!!!! Só não sei se a Piagi vai ficar bem no famoso look gongado da temporada!!!!!!!

  6. Muito divertido esse post, parabéns pelo texto!

  7. VIIIIIIIIIITOR, te achei!!!!!!!!axoxiquerrima essa sua vida glamurosa!!! E hilaria!!!
    beijobeijo
    astrid, a fontenelle, claro!!!rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsr

  8. Adorei, de delícia de imaginação, bjs querido!!!!

  9. nossa.
    adorei vc!
    Parabéns pelo blog!

  10. haha
    parabéns pela criatividade!
    MUITO divertido!
    adorei!
    Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s