VEM CÁ, LUIZA!

Os anos 80 foram o ponto alto das semanas de moda no Brasil! E não estou falando da cintura alta, nem da visão “oitentista” do masculino-feminino que pontuaram importantes desfiles.

Eu falo de Luiza Botelho da Silva que ficou conhecida como Luiza Brunet. Natural de Itaporã, Mato Grosso do Sul aos seus 45 anos foi “A” imagem do São Paulo Fashion Week, depois de 15 anos afastada das passarelas.

32.jpg foto Silvia Boriello

Morena, elegante, com 17%, segundo ela, de descendência indígena e 8 quilos mais magra, fruto de uma reeducação alimentar, Luiza fez uma aparição marcante no desfile de Tereza Santos. Na atual era vintage, porque ela não poderia reabilitar o pivô. E não satisfeita, fez aquilo que acabou apelidado de triplo twist carpado.

como me falta a imagem de Brunet no desfile, vai aqui a releitura de Oliveros

Foi uma emoção quando a encontrei nos corredores do SBT e mesmo no meio da correria do programa Charme, que trabalho fazendo os textos para Adriane Galisteu parei para conversar com ela.

imagem005.jpg

de groupie à repórter em dois segundos.

Não consegui resistir à minha verve jornalística e fiz uma mini entrevista com ela, que é mega-hiper-blast simpática, para o Dus*****Infernus.

DI – Por que você decidiu dar três pivôs na passarela?

Luiza Brunet – Foi uma grande homenagem que quis fazer à década de 80 quando as modelos faziam pivôs no meio da passarela.

DI – Mas você causou?

Luiza Brunet – Imagina, só tinha jornalistas amigos da velha guarda.

DI – Nada disso, tinha muita gente que nunca tinha te visto na passarela e ficaram passados. A Tereza Santos já sabia que você iria dar aquele pivôs?

Luiza Brunet – Sabia. Só me pediu para não rir, mas eu não me aguentei.

DI – É lenda fashion ou é verdade que você sempre falava para sua filha Yasmim que quem desse um pivô na passarela hoje conseguiria ter alguma projeção no mundo fashion?

Luiza Brunet – É verdade, mas ela nunca me ouviu, falava que era brega. Está aí, acabou que eu fiz e realmente chamou a atenção.

DI – É difícil dar pivô?

Luiza Brunet – Pode até ser se você não tem experiência, mas é bonito! celebridade_01.jpg

brunet054.jpg

Luiza Brunet para Dijon

Pós post – Almoçando com minha amiga Regina Desirée, roteirista do programa Ídolos do SBT, sem mais nem menos começamos a lembrar da Dijon e da imagem marcante de Luiza nas campanhas da marca. Até que ela me perguntou:

  • Onde anda Humberto Saad?
  • Dijon, respondi no misto de não sei e nonsense.

Aliás, o que aconteceu com Humberto Saad?

Anúncios

6 Respostas para “VEM CÁ, LUIZA!

  1. Rs….adorei. E o Oliveros mandou melhor que a Luiza em si!

  2. meu ponto alto da semana fashion week de moda foi mais o triplo twist carpado do oliveros do que o da modela em si. eu mesma dou pivô aqui todo dia, na entrada E na saída. tá bom pra vc?!??

    (sério: e o que ela é linda, gente? não pode, né?)

  3. Pingback: SPFW - LUIZA BRUNET E SUAS PIRUETAS FAZEM UM ASPIRAL ASCENDENTE PARA A POKO PANO « dus*****infernus

  4. Humberto saad esta firme e forte no Rio de janeiro, esta sempre no clube montelibano na lagoa ao lado de belas jovens.

  5. projectei lojas dijon nos anos 80 como fazer para contactar humberto saade . ? conheci bete faria luisa brunet e rose di primo como director de arte da bloch . actualmente em portugal e cheio de saudades do brasil.

    • Para encontrar o humberto saad é so voce ir ao clube monte libano na lagôa no Rio de janeiro onde ele é socio ou na sua residencia em copacabana no edificio chopan na Av. Atlantica ao lado do hotel copacabana palace.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s